sobre a B*

Minha foto
Nada que decir acerca de mí que tú mismo no puede entenderlo sin mí. Email pra contato: bih_vanilla@yahoo.com.br

quarta-feira, dezembro 26, 2012

Moon&Jupiter


Que noite linda a de hoje, estou aqui e um amigo me pede para que eu olhe a lua...
E foi a lua mais linda que vi nos últimos tempos, talvez seja porque meu humor está brilhante e minha energia maravilhosa que aumentou a beleza desse momento... Me sinto imensamente emocionada de ter visto a Lua e Júpiter.

Já faz algumas horas que vi e sinto como se até o ar estivesse diferente, isso foi um presente maravilhoso que foi concedido a mim.

sábado, dezembro 22, 2012

Brad*

Lembrei que deixei uma história em aberto... será uma breve história.


 O BRAD*


Bom amigos, o Brad* é um funcionário da Universidade que eu estudo e desde a primeira vez que o vi tive uma impressão boa a seu respeito, ele é meio reservado e tímido mas parece ser uma ótima pessoa apesar de não ter conversado quase nada com ele.

Honestamente ele me traz uma forte lembrança do brotherfake* que descanse em paz. Algo que eu sinto quando o olho nos olhos, ou quando vejo ele sorrindo, acredito que estou criando esse tipo de coisa na minha mente por não conseguir aceitar a perda do meu irmão, ele se foi a 1 ano e alguns meses e ainda sinto como se tivesse sido ontem a ultima vez que nos vimos, ainda persiste a mesma sensação de que tenho que aguardar a ligação de alguém dizendo que ele teve alta do hospital e está bem. Talvez o motivo de o Brad* ter me chamado atenção foi a minha procura por uma maneira inusitada de preencher o espaço vazio que o brotherfake* deixou, tem algumas semelhanças na aparência entre eles, a altura, a cor da pele e do cabelo, as mancha na pele, os olhos que são os que mais acho parecido, os traços do nariz e do queixo...

Eu decidi que não devo procurar criar uma amizade com o Brad* pois isso seria admitir que o estou procurando substituir uma amizade insubstituível.

Tenho a sensação de estar num devaneio dos mais engraçados, quando leio o que escrevi me soa muito triste mas a verdade é que estou muito bem, em todos os sentidos, me sinto leve e completamente em paz, considero completamente normal sentir falta de alguém que foi tão importante na minha vida quanto o brotherfake* mas isso não significa que minha vida parou e que eu ando deprimida... pelo contrário, a vida a cada dia se mostra mais interessante e tenho a certeza de que algo novo está por vir...


B*


Ahsen*

O que venho contar agora não é algo que aconteceu hoje ou ontem... Já faz alguns dias ou semanas que uns acontecimentos reviraram a minha mente por motivos que relatarei em seguida

Na semana em que fiz 18 anos saí com um dos meus amigos mais queridos pra comemorar e acabei conhecendo alguns amigos dele e dentre eles um acabou cativando a minha atenção, lembro de termos conversado bastante uns assuntos muito 'diferentes' tipo sobre adquirir nacionalidade de outro país tipo a Itália e a Espanha, conversamos sobre a minha vontade de conhecer uma pessoa que entendesse o meu lado liberal sem críticas desnecessárias ou caretas... Foram conversas breves mas interessantes, enfim... O ponto em que queria chegar é que ele acabou cativando a minha consideração e a minha amizade.
Depois daquela noite acabamos mantendo contato pelo Facebook mas sempre foi um contato normal de amigos, sempre combinando de sair qualquer dia mas nunca algo concreto, aí acabamos combinando num sábado de ir ao cinema assistir 'Amanhecer', chamei o meu amigo que nos apresentou mas este queria ir pra balada e como eu tinha compromisso no domingo de manhã não daria certo.

- Ele é uma pessoa da minha altura ou um pouco mais alto, bem magro, tem olhos e cabelo castanhos-escuro, minha descrição dele não é boa mas hoje quando estava assistindo um drama Taiwanês achei um dos personagens muito parecido com ele, mesmo o personagem sendo oriental e essa pessoa que estou descrevendo não ser nenhum pouco oriental já é uma boa maneira de imaginar como ele é e por causa desse drama o nome dele aqui no Blog* será Ahsen* que é como a personagem principal o chama.


( O nome do Dorama é 'Devil Beside You' pra quem se interessar, ele foi um dos melhores doramas que já assisti na vida, e olha que foram muitos. A Trilha sonora é muito boa também, mas isso não vem ao caso. )

Bom contarei agora os acontecimentos que ficam rondando a minha mente como um flash-back constante.

Fomos ao cinema com a intenção de assistir Amanhecer mas como considero um filme muito meloso e de casal sugeri Atividade Paranormal 4 que honestamente estava bem mais interessada em assistir por ser suspense e enfim, como ele também gostou da idéia compramos os ingressos e fomos pra sessão um pouco atrasados. Foi aí que começou, eu fiquei meio claustrofóbica com as paredes da sala, o filme começou a me assustar aí acabei pegando o braço do Ahsen* num gesto medroso e frágil demais pra mim mas enfim, ele não pareceu se opor a isso, o interessante disso foi uma energia vinda dele que senti enquanto estava tocando o braço dele, era uma energia muito densa e envolvente, me fez sentir mais confortada, e me causava uma sensação indescritível, o filme me pareceu cada vez mais assustador e eu me sentia segura ( e isso é raro em filmes de suspense), então ele soltou meu braço num gesto que me fez pensar que ele estava desconfortável daquela posição, mas ele pegou a minha mão e a colocou sob seu braço entrelaçando nossos dedos, com sua mão livre ele a passava pelo meu braço num gesto reconfortante que fez aquela energia que vem dele aumentar a um nível indescritível, me peguei viajando naquela sensação de que havia uma corrente elétrica que passava dele pra mim e me fazia perder o foco no filme, em alguns momentos a minha viagem foi tão intensa que parecia que a energia que ele tem estava no ar ao seu redor. Não sei se já vivi um momento tão gostoso só de segurar a mão de alguém mas essas lembranças me vêem em mente com muita frequência depois desse dia.



Bom, estava precisando descrever isso pois foi uma daquelas coisas marcantes na minha vida que merecem serem contadas por aqui ...


B*

quinta-feira, novembro 22, 2012

...

Como faz tempo que não escrevo por aqui.

A vida está muito corrida com o trabalho e a faculdade.

Vamos colocar as notícias em dia.

Eu eu o Bin* terminamos, é... eu vivo falando isso por aqui.
Não sei explicar o quanto sou insuportável mas não me sentia feliz com ele de um jeito que me fizesse lutar por ele.
Tinha muita coisa em nós que não me completava e as vezes ele exigia muito de mim... muito tempo e dedicação que preferi deixar para a faculdade e pro trabalho apenas.
Ele foi uma pessoa adorável comigo e por causa dele aprendi muitas coisas mas como não deu certo desejo que ele encontre alguém que se encaixe perfeitamente com ele e que ele seja muito feliz com essa pessoa.

Sem mais a declarar sobre o Bin*

Sobre o trabalho não tenho nada a declarar também, lá conheci pessoas muito especiais de certa forma... Algumas dessas pessoas desejo que sejamos amigas além do trabalho como já espero ser. 

Sobre a faculdade... estou com notas um tanto quanto ruins e espero conseguir ir bem nas provas finais que tenho feito. Estou encantada por uma pessoa que conheci lá, mesmo não sabendo seu nome... O olhar dele me transmite uma sensação de segurança e mistério e isso me causa grande curiosidade. Não sei como o vejo ainda mas tenho a sensação de que algo no olhar dele também me vê. Bom... seu nome no blog será Brad... uma amiga escolheu esse codinome pra ele então que assim seja.

Algumas semanas atrás me encontrei com o Lee* lembram-se dele? Creio que sim.
Ele estava muito diferente de quando era meu Sunshine ele mudou e suas mudanças foram drásticas, não ouso pensar a respeito pois isso não é da minha conta e nem quero que seja. As vezes penso que ainda gosto dele mas na verdade gosto da pessoa que ele foi comigo, e nesse dia ele por trás de todas as máscaras continuava a ser a mesma pessoa, ele levou as nossas alianças e perguntou se eu ainda a queria... Foi um momento critico onde fiquei sem reação. Depois do clima estranho fomos beber, tomei umas cervejas, comi muitas porcarias,  tomei sakê com kiwi e ele bebeu algumas coisas também, botamos em dia todo o papo desses quase um ano sem nos encontrarmos a sós. Tivemos uma briga idiota que me fez ver que eu sou muito idiota do lado dele, senti uma vontade imensa de ir até a casa do meu Elvis que estava até que próximo mas o Lee* me seguiu e o clima me lembrou quando namorávamos e brigávamos por besteiras. Depois eu contei o verdadeiro motivo de ter me sentido tão alterada na presença dele, uma verdade que escondi de todos por um longo período. Enfim, sem dramas, foi um encontro muito bom, me fez lembrar da amizade que um dia tivemos e isso foi renovador. Hoje sei que eu e o Lee* não temos muito em comum, só a nossa amizade que ainda sinto como se fosse muito forte.

Espero que dê tudo certo nesse fim de ano no meu trabalho, nas minhas provas de final de ano e principalmente com as pessoas que amo.

-    contado por B*

sexta-feira, outubro 12, 2012

Aquele sorriso cínico e sonso que ele tem e aquele olhar assustador que amedrontava e hipnotizava ... Dá uma saudade, das conversas, das lições de moral, das brigas que pareciam frias demais pra serem brigas, da falta de promessas e das loucuras que só ele era capaz de cometer.

terça-feira, setembro 25, 2012

One shot for my pain **


One shot for my pain
One track for my sorrow
Get messed up today
I'll be okay tomorrow



Bruno Mars   &   Damian Marley  - 

Liquor Store Blues

 

Obs.  Exatamente como tenho me sentido nos últimos dias. Bobagem minha.

sexta-feira, setembro 07, 2012

- Esse amor que me faz criança indefeza e faz parte de mim tua presa, me possua com volupia ou me ame com gentileza.


                                                                                                          Faria

quinta-feira, agosto 30, 2012

As vezes eu acabo percebendo que sentimentos são muito difíceis, o mais difícil é corresponder a tais sentimentos, uma tarefa quase impossível quando você deixou a escuridão e o frio ficarem próximo demais do coração por um bom tempo.

Pode ser difícil mas, mesmo assim... eu tentarei.

segunda-feira, agosto 06, 2012

Eu sinto como se o coração fosse se aquecendo com as grandes paixões mas só um amor o faz ferver mesmo com o passar do tempo.

B*

domingo, agosto 05, 2012

Parte 4



Brigith teve uma leve e passageira paixão nos meses que se seguiram ao fim do seu relacionamento com Peter* se é que se pode chamar aquilo de relacionamento. O príncipe de gelo era incrivelmente fascinante além de ser culto, educado e ter uma aparência totalmente harmônica  e máscula com ombros largos, pernas cumpridas, pele macia e quente... Algo que Brigith costuma pensar a respeito do príncipe de gelo é que ele é misterioso e intrigante... a participação dele na vida dela foi imensamente importante pois ela mudou, se aperfeiçoou e se amou mais após conhecê-lo. Ele é como se fosse um enviado dos deuses com o objetivo de transformar a vida dela e enquanto essa mudança estivesse sendo feita ele estaria ao seu lado mas depois que a mudança acontecesse ele iria encontrar outra criatura para transformar. Por isso Brigith é muito grata a ele e a lembrança de cada toque, de cada conversa, de cada sorriso... pois a estes momentos ela deve quem se tornou agora, e todos esses momentos são oque Brigith é e continuará sendo.
O príncipe de gelo e Brigith obviamente não foram destinados a ficar juntos, e por isso entre ele e Brigith sempre houve um clima de amizade, harmonia e companheirismo atípico na vida dela até então e também por esses motivos é que quando se afastaram mutualmente não houve rancores e remorsos e nenhum tipo de sentimento negativo. Pelo menos não da parte de Brigith.

" - É raro encontrarmos tais tipos de anjos, mas encontrar-los é extremamente mágico e depois de os encontrar-los é impossível voltar a sermos quem eramos." disse Brigith a respeito do príncipe de gelo.


quinta-feira, agosto 02, 2012

terça-feira, julho 31, 2012

Frase do dia. (TUMBLR de uma grande amiga)

Erro tentando acertar, choro querendo rir, perdoo querendo brigar, grito loucamnete tentando simplesmente falar baixo e amo querendo apenas esquecer. 




http://thamireselias.tumblr.com/

domingo, julho 29, 2012

quarta-feira, junho 20, 2012

Moral de hoje.

Esses dias aprendi uma das grandes e valiosas lições que a vida lhe dá. Vou explicar como aconteceu e espero que vocês entendam.
Estava em um lugar cheio de bares com uns amigos, bebemos uma quantidade inacreditável pra mim mesma, depois de um certo tempo bebendo comecei a sentir como se não fosse mais eu mesma, meu coração estava batendo preguiçosamente, meus olhos queriam se fechar, minha língua ficou dormente, meu corpo começou a flutuar e sentia um frio irracional. Sabia o que estava acontecendo, e achei engraçado como eu fui má, não confiava em nenhum dos doidos que estavam comigo, e confiava parcialmente em um desses doidos, mas pensei que ele estivesse muito mal pra perceber que eu não estava bem, mas ele percebeu, e eu tive um breve momento de desejar a presença do L* porque ele costuma ser a minha coerência de certa forma. Mas aí meu amigo começou a conversar comigo, e eu comecei a entender que ele sabia o que estava sentindo e que ele seria bom pra ficar ao meu lado, ele me obrigou a comer e tomar refrigerante e por incrível que pareça ele ficou comigo até o fim, e me impediu de sei lá, agir como louca :-D

O que eu aprendi?
As vezes nós subestimamos os amigos que temos, consideramo-os como doidos e um dia descobrimos que mesmo sendo doidos quando nós precisamos eles estão lá do nosso lado, são exatamente o que você mais precisava: AMIGOS.
Então para aqueles que entenderam, valorizem sempre aqueles que estão sempre com você. Estes são preciosos.
Outra coisa que percebi esses dias, ele tem os olhos cor de lenha molhada. Transmitem umas coisas e as vezes quando raramente nossos olhos se encontram existe uma sensação de que ele pode ler os meus pensamentos mais obscuros, aqueles que não quero pensar mas quando ele me olha acabo pensando. Depois de um certo tempo olhando naqueles olhos e vendo-o bem profundamente ele começa a queimar e dá medo de acreditar nas coisas que ele te faz sentir. São lindos olhos assim como seu lindo sorriso.

terça-feira, junho 19, 2012

segunda-feira, junho 11, 2012

Eu realmente gostaria que vocês, amigos do Blog* pudessem ver o sorriso do L'. 
Quem sabe vocês entendessem melhor oque aquele belo sorriso me causa, tem cerca de um mês que não nos vemos e a simples recordação daquele sorriso lindo ainda me tira o folego. 

domingo, junho 10, 2012

Não sei se é certo ou se é normal, as vezes sinto tanta falta de umas coisas que estão completamente afundadas no meu passado.

Moral de hoje

As vezes nos damos conta de que encontramos a tão sonhada pessoa ideal mas pensamos não precisar dela por sermos independentes. Mas é tão bom ter alguém não para nos completar e sim para nos acompanhar harmoniosamente pelo caminho que chamamos de vida.

Não se esqueça, não estou falando que amor eterno, estou falando de indivíduos, companhias e alguém que testemunhe nosso caminho.

As vezes quando você fere e brinca com os sentimentos de uma pessoa você se esquece que ela poderia ter guardado pra você o amor mais sincero, a essência da felicidade e, por pura arrogância você perdeu.E como disse o poeta: Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade

Paradise Now

O filme Paradise Now é uma ótima forma de analisar os conflitos existentes em Israel entre Islâmicos e Judeus. A mente por trás de um homem-bomba e oque o leva a tomar tal decisão suicida.
Quando comecei a assistir o filme tinha uma idéia bem típica de Hollywood: filme dramático, Final feliz.
Comecei a assistir e me surpreendi.
O filme conta a história de dois amigos muçulmanos que viviam numa região isolada controlada pelo exército e apesar de não se aprofundarem muito no tema 'exército' pude perceber que naquela região eles conviviam com soldados controladores e abusivos.
Said é filho de um homem que foi oque eles chamam de 'colaboradores' e pelo oque entendi ele ajudou os judeus passando algumas informações e por isso foi executado quando Said tinha cerca de 10 anos, a família de Said desde então foi vista como 'suja' e desgraçada pelas atitudes de seu falecido pai. Para corrigir tal má fama Said e seu melhor amigo Khaled decidem serem heróis de Deus, sendo homens-bomba em missões suicidas. 
Jamal uma espécie de agenciador de homens bombas comunica a Said que eles foram escolhidos. Começa aí uma série de problemas, dúvidas e debates sobre a real finalidade de ser um suicida, sobre a utilidade para a 'causa'. Enfim, o filme é muito interessante.

Já aviso que quem está acostumado com o estilo de Hollywood vai ter uma grande surpresa com esse filme.

Recomendo! Paradise Now.

Filmes

Criamos um novo marcador aqui no Blog*.
Vamos falar sobre filmes que assistimos, comentá-los e quem sabe debatê-los.
Eu (B*) começarei com um que assisti no dia 09/06 que se chama Paradise Now.
Farei o meu comentário, darei a minha opinião e descreverei algo que me chamou a atenção. Como uma sinopse crítica.

sábado, junho 09, 2012

Olá amigos, estive meio ausente esses dias. Uns problemas básicos, a correria da faculdade, entre outras coisas que mantiveram minha mente ausente. Mas estou de volta.
Minha parceira aqui no Blog* sofreu um pequeno acidente e ficará ausente, vou cuidar das histórias. ;D

domingo, maio 20, 2012

As vezes quando pego pra ler certas coisas que escrevi a um certo tempo penso que minha mente muda constantemente, minhas emoções também mas, não entendo porque alguns sentimentos se mantem na minha mente ou talvez no meu coração.

quinta-feira, maio 17, 2012

PARTE 3

Bom como vocês já souberam, Brigith* se encantou por Harry.
Harry é um homem que passa segurança em suas palavras, firme e imponente quando comparado a qualquer outro. Sua aparência não pode ser considerada como delicado mas também não é rústico. É tudo perfeito em sua aparência, e o equilíbrio que há em cada atitude o tornam uma criatura única e adorável.
Entendam que essa coisa que Brigith sente por Harry é estritamente platônica, não há aquela atração e desejo. Não há nada além da idealização de um ser incrivelmente adorável... como um ídolo do rock. rsrsrs

E aqui se encerra a história HARRY&BRIGITH no Blog.

- .My lovely man

Meu coração, seria tolice dá-lo a você ou a qualquer outra pessoa, afinal ele é o MEU coração, o seu coração é SEU e o que quero de você são os seus bons sentimentos pois, os meus melhores sentimentos são seus e continuarão sendo.

quarta-feira, maio 16, 2012

Apesar de muito ser apenas fantasia da minha mente sei que você é uma daquelas maravilhosas verdades,  gosto do seu sorriso mais que tudo e mesmo longe me lembro dele e tudo se acalma, criando um sentido único.

segunda-feira, maio 14, 2012

Gente estou testando uma parceria aqui no Blog'.
Nos próximos dias uma nova pessoa que já está escrevendo por aqui a um tempo irá se apresentar.

p.s. tinha esquecido de mencionar.

A luz, a minha luz e não o reflexo dela.

Gostaria de compartilhar uma coisa aqui no Blog com vocês.
Uma coisa que aprendi e que considero de grande importância.
Essa imagem de dois chaveiros é verdadeiramente dois dos muitos chaveiros que nunca deixo de levar comigo.
A história dele é a seguinte:
Um pouco depois de toda aquela história com o Lee* e de termos terminado com aquelas coisas de eu pensar que o amava eu fui á praia e encontrei uma feirinha de artesanato, fiz um mini dread preto e laranja (ficou lindo)  e uns dias depois perto de voltar estava passeando por essa feirinha com umas garotas que conheci lá e encontrei uma lojinha que faziam gravações no grão de arroz, na hora pensei no Lee* e no quanto eu 'gostava' dele, mandei gravar dois chaveiros um com meu nome e outro com o nome dele. Tinha de vários formatos e cores mas ao ver a Lâmpada pensei que o Lee* era o reflexo que tinha a minha própria luz. Achei perfeito.
Mantive sempre comigo e me sentia conectada a 'luz'. Um belo dia cerca de 2 meses atrás  a lâmpada com o nome dele se quebrou, misteriosamente.  Justamente a com o nome dele, ao ver aquilo me senti sem o reflexo... isso durou uns dias, depois desses dias percebi que aquilo foi como um sinal de que a luz que permanece, aquela que não se apaga nunca, que realmente ilumina e não só reflete é a NOSSA luz, aquela que todos temos e está em cada um de nós e em nossa personalidade.


E é essa a mensagem que gostaria de deixar aqui. Um grande aprendizado que tenho muito orgulho de ter recebido.

P.s. Sei que prometi não citar mais o Lee* que está no meu passado aqui no Blog' mas esse é um aprendizado que na minha visão vale muito a pena.

terça-feira, maio 08, 2012

U smile, I smile... *-*

Felicidade é o sentimento que tive quando quando percebi que gosto de alguém sinceramente e do jeito certo, vendo que o meu motivo de sorrir é querer ver o sorriso nos lábios desse alguém.

Show de epifanias.

Domingo no show de uma das minhas bandas brasileiras favoritas:
Tudo bom e lindo, muita gente mas estava num lugar bastante confortável.
Meu amigo me perguntou se queria ir embora enquanto ainda estava cedo e eu disse que precisava esperar eles tocarem a minha música favorita (Milonga), assim que disse isso a música começou, uma onda de emoções e sentimentos me invadiu.
Só conseguia pensar nele, no rosto dele, no sorriso dele, a boca dele, o abraço dele, nos beijos e na respiração quente que ele tem.
Ele é muito mais que uma fantasia, muito mais do que uma realidade complicada.
Ele é a pessoa que entrou na minha vida e que significa tanto nela que não quero perder.
Não quero que ele se vá da minha vida como se não tivesse significado nada, como se não tivesse passado por ela e de certa forma marcado ela.
Egoísmo o meu, mas não sei lidar com perdas e não queria aprender, isso é tão complicado.
Esse monte de emoções e pensamentos que parecem ter levado horas, passaram pela minha mente em segundos pois no meio da música já tinha pensado em tudo isso

Foi como uma epifania, mas daquelas que não te levam a nada.

segunda-feira, maio 07, 2012

quinta-feira, maio 03, 2012

Indiferença.

Estive pensando nos meus momentos brisantes e percebi que...
Indiferença é a pior coisa que existe na minha opinião, ela não causa emoção alguma.
Exemplo: Quando amamos uma pessoa e essa pessoa está mal, você se preocupa e fica triste por ela. Quando odiamos essa pessoa, isso nos causa felicidade e pensamentos de como afundar mais a infeliz criatura, Mas quando é indiferente a ela, não te causa emoção nenhuma ela estar bem ou estar mal, indiferença é o NADA.
Felicidade, tristeza, preocupação, por mais que sejam confusos e possam ter motivações erradas são inevitavelmente emoções, essas emoções fazem parte da nossa humanidade e a ausência de emoções pra mim, acabam aos poucos com a humanidade que temos dentro de nós (mesmo que escondida)

Moral de hoje.

- Acho que o maior problema de ser o 'melhor amigo do mundo' de muitas pessoas é que as vezes não temos alguém que seja nosso 'melhor amigo do mundo' e isso deve nos fazer sentir a maior solidão.

Um conforto estranho e uma sensação de ter encontrado uma paz absoluta... Isso parece tão irracional e confuso até pra mim mas, é bem isso que sinto quando você sorri. E sempre que você usa aquela sua expressão de mau ou a de indiferente fico contando o tempo que demora até você sorrir e tornar tudo irracional e confuso novamente.

domingo, abril 22, 2012

Dúvida minha.

Estou tendo devaneios, constantemente esqueço-me do que estava falando e mudo de assunto.
Quando me encontro sozinha tenho minhas epifanias.

Todas essas coisas me levam a um único questionamento: Como pode ser tão doce, fria e afetuosa a alma de uma pessoa?

Realmente gostaria da resposta das minhas muitas indagações mas sei que não temos como ter a resposta para tudo, sempre surgem novas perguntas.

Parte 2


Brigith como vocês já devem ter percebido, é uma mulher confusa e inconstante.
Algo sobre ela que vocês devem saber: Não a julguem, por mais errada que pareçam suas atitudes, no fundo ela só quer encontrar a felicidade dela, ela nunca quer magoar ninguém apesar de que as vezes acontece.
Brigith* se apaixonou por Peter, porém ele se acomodou muito rápido à paixão dela, infelizmente nossa Brigith* deve ser conquistada a cada dia mais, porque o calor da paixão esfria
Peter chegou no nível de comodidade que o calor todo se transformou em apenas uma brisa gélida.

Brigith estava trabalhando quando reencontrou uma pessoa que ela sabe pouco a respeito, porém é uma pessoa que sempre mexeu com ela, e esse reencontro foi a ultima gota para afastar a paixão de Brigith por Peter.
Harry é um homem alto, magro, com traços bem rígidos que contrastam com o sorriso marcante e o olhar analítico que fazem dele a pessoa mais misteriosa e interessante na visão de Brigith*, se ela ao menos entendesse como uma pessoa pode combinar tantas qualidades admiráveis, com uma personalidade tão serena  e inteligência... Harry! é quase possível escutar seu nome através do olhar encantado de Brigith*
Harry é o amor platônico de Brigith, ela o considera tão inalcançável para ela apesar de crer que nada seja impossível... Ele é o ideal de ser humano na concepção de Brigith.

Vocês entenderão mais sobre as analises que Brigith fez de Harry na próxima semana.

quinta-feira, abril 19, 2012

Dia do Indio


Hoje dia 19 de Abril é o dia do índio no Brasil, mal ouvi comentários na mídia e nas redes sociais a respeito da atual situação dos índios nesse país insensível, existem índios sendo massacrados por todo o país como se eles nem tivessem coração, como se eles não fossem os verdadeiros donos das terra, tendo que correr constante risco de vida para garantir o direito de viver em uma terra que foi tomada deles e entregue nas mãos de fazendeiros milionários com ligação política. E é claro que ninguém lembra disso, mas lembrar de dia do amigo, (que foi alguns dias atrás) todo mundo lembra... Pessoas assim não são amigos nem de si próprios.

E sim! Tenho muito orgulho de ser neta de índios verdadeiros.
Só queria que fossem mais justos e respeitassem aqueles que estavam aqui muito antes dos colonizadores, dos imigrantes, dos escravos, antes de todos aqueles que destruíram e se apossaram das terras e destruíram a cultura do ÍNDIO

terça-feira, abril 17, 2012

Moral de hoje.

Não adianta fazer algo por compaixão se não houver outro sentimento pra servir de base.

Parte 1



Essa é a história de uma garota que não sabia o que queria.
Um dia Brigith* conheceu Peter* eles eram tão diferentes em tudo que deixava Brigith a cada dia mais fascinada, porém Brigith* tem um sério problema, depois que ela conquista algo, costuma enjoar e perder o interesse.
Peter* foi conquistado, e no mesmo período Brigith* se desligou de uma ferida em seu coração.
O maior medo da mulher tímida e sensível demais era conquistá-lo e depois, perder o interesse, Peter era uma pessoa que não merecia tal coisa. Foi exatamente isso o que aconteceu, Peter era belo, gentil, educado mas se acomodava muito fácil com as situações sem se interessar por conquistar mais e mais o coração frio de Brigith.
Acabou se apagando a faísca que estava se acendendo.
Algo que Brigith ama são desafios, e ela foi desafiada a conquistar Peter depois de ter sido conquistada por algumas características do rapaz, para ela foi lamentável não ter durado tanto quanto ela esperava.
Peter e Brigith apesar de uma profunda afinidade são como água e óleo, não se misturam... não ficam bem juntos e um repele o outro, não houve nenhum conflito entre ambos mas ficou dificil pra Brigith fingir sentir algo que ela acredita estar sentindo por outra pessoa.


Mas isso é uma história para o próximo capitulo.

sexta-feira, abril 06, 2012

Semana de provas na faculdade, TPM, brigas sérias com os pais, briga com amigos, tudo isso numa semana só.
A solução pra isso: Ou você vira ninja ou se ferrou!

Moral de hoje...

Desistir, uma simples palavra que acaba com grandes sonhos.

Moments - 1D




You know I'll be
Your life, your voice,
Your reason to be my love
My heart is breathing for this
Moment in time
I'll find the words to say
Before you leave me today

domingo, abril 01, 2012

Salém

Gente aconteceu algo adorável, minha vizinha tem vários gatos e eu adoro um deles.
Ele vive entrando na minha casa quando a porta está aberta.
Ele é preto dos olhos verdes e por isso me lembrou o Salém (da bruxinha Sabrina*)
dei esse apelido pra ele e ontem minha vizinha perguntou se minha mãe quer ele e ela quis
Enfim estou muito feliz, o Salém é novinho ainda, tem só 3 meses, ele adora brincar e subir nas coisas
Só espero que não tenha ataques de bronquite por causa dele.

sábado, março 31, 2012

LIFE '-'

Fiz muitas besteiras, aprontei o suficiente por uma vida inteira, já tive meus porres, já enganei, traí, já chorei por alguém, fiz chorarem por mim, já briguei, já apanhei, já obedeci quando queria me rebelar, já me revoltei, já cortei laços irrompíveis e agora porque não posso simplesmente querer ter alguém pra não fazer mais nada disso?


Será que não mereço minha paz mesmo que um pouco? Pelo jeito não.

sexta-feira, março 30, 2012

Moral de Hoje.


Amae toka yowasa janai                                                Não é carência nem fraqueza 
Tada kimi o aishiteru                                                Simplesmente eu amo você
Kokoro kara soo omotta                                                                  De todo o coração


Yuki no Hana - Mika Nakashima

Make me wanna die!

Never was a girl with a wicked mind But everything looks better when the sun goes down

-    The pretty reckless
Por mais exagerado e absurdo que pareça ser um simples, rápido e delicado toque nos teus lábios é para mim mais precioso e mais belo do que o beijo mais cinematográfico.
A vida é muito bonita,basta um beijo e a delicada engrenagem movimenta-se, uma necessidade cósmica nos protege.


Adélia Prado

sexta-feira, março 16, 2012


Tem umas coisas que por mais forte que você seja te cortam e cortam e estraçalham o seu coração e a dor é tão intensa que sua única reação é deixar que seus olhos inchem e fiquem vermelhos, sua maquiagem borre, seu rosto fique pálido e sua expressão assustadora, se entregando pra aquele mar de lágrimas que você escondeu com um falso sorriso por um bom tempo.

sábado, março 10, 2012

Foi estranho como aconteceu, ele esteve por tanto tempo me observando silenciosamente, quando finalmente eu olhei de volta ele estava lá sorrindo pra mim.
Aqueles que têm um grande autocontrole, ou que estão totalmente absortos no trabalho, falam pouco. Palavra e ação juntas não andam bem. Repare na natureza: trabalha continuamente, mas em silêncio.


-     Mahatma Gandhi

Moral de hoje:

Na vida todos temos um segredo inconfessável, um arrependimento irreversível, um sonho inalcançável e um amor inesquecível.

-      Diego Marchi

terça-feira, março 06, 2012

Moral de hoje.


-           A sensação que seu olhar me causa/causava já me basta. Não se iluda pois o que está na moda não significa que é o que está na minha moda. Seja mal, seja arrogante e vaidoso mas não deixe de ser você por achar que isso te faz alguém melhor.

I'm not okay.

Gente hoje foi um daqueles dias terríveis que você se pergunta porque levantou da cama.
 Passei mal na faculdade nem consegui assistir a aula, logo no começo fui embora.
Tive que ir pra casa do meu pai de metrô ai comecei a sentir meu corpo estranho, a suar frio e ficar zonza, ai peguei um ônibus pra casa do meu pai e ficou mais quente, começou a piorar, foi a maior doidera, eu tava caindo uma mulher me pegou e tudo ficou escuro. Umas pessoas queriam me levar pro hospital eu quase morri de vergonha aí falei que não precisava aí desci e fui andando pra casa do meu pai. Quando cheguei comi e tomei uma ducha fria (meu corpo estava queimando) na volta peguei um ônibus cheio de gente que me encarava e eu comecei a passar mal desci, não fazia idéia de onde estava. To muito perdida, meu senso de orientação praticamente não existia, acabei pegando outro ônibus da mesma linha que demorou quase uma hora pra eu pegar.
Sou muito burra...
Mas precisava escrever o que houve hoje, pra não esquecer jamais uma coisa valiosa que aprendi aqui.

quinta-feira, março 01, 2012

As vezes me pego pensando no que partiu, na forma fria que as coisas ficaram
Já tivemos aquela amizade incrível, aquela coisa de um entender o outro, de um querer o bem do outro e simplesmente hoje agimos como inimigos estranhos que não vão com a cara um do outro.
Onde foi parar aquela amizade? Acabei de perceber que meu motivo de me sentir tão mal foi porque lembro como fomos antes de misturar nossa amizade com sentimentos. Como eu me sentia bem em ter um amigo que confiava na academia.
E horrível, e não é por perder um namorado e sim por perder um amigo que ele foi, não só o perdi, foi muito pior que perder, é como se nem existíssemos um por outro.



Não sei mesmo se isso é o melhor mas espero que seja por um bem maior no futuro.

quarta-feira, fevereiro 29, 2012

Essa é a pergunta que causa o maior empasse no meu emocional...
Amar quem não corresponde é fichinha perto da dor de amar quem nos odeia.


*pensei nisso agora, e pensem o que quiserem eu deixei de me importar.

domingo, fevereiro 19, 2012

Devo ser um daqueles narcisistas que só dão valor
às coisas depois que elas se vão. Eu sou sensível demais

sábado, fevereiro 11, 2012


Eu nunca fui a melhor em nada, não sou melhor jogadora de futebol, a melhor judoca, não sou a melhor aluna, e menos ainda a melhor em fazer as coisas que consideram boas.
Não sou a melhor amiga, não sou a melhor em bons exemplos, não sou a melhor com palavras e não sou a melhor em beleza.
A única coisa que já quis ser a melhor foi em amar você.
Eu tentei de todo o meu coração e descobri que não fui a melhor nisso também.
descobri com isso que não há nada que eu seja a melhor...

Nem na coisa mais importante.

Nesses momentos você acaba se perguntando. O que eu estou fazendo aqui?
Você acaba percebendo o que seus amigos estão te dizendo a meses, Você está perdido.
Você pode parecer exagerado, louco, imbecil, fútil, mal e o que mais for mas você deixou de se importar com isso e com todo o resto.
No fundo você perdeu algo precioso, a confiança em si.
Isso não tem causa, e não há alguém que tenha culpa além de você próprio.
É a sucessão de vários acontecimentos que te transformaram no ser que você se tornou.

E são nessas horas que eu renovo as minhas forças, a minha fá nos deuses e digo que tudo isso tem um motivo.

domingo, janeiro 29, 2012


Eu deveria ter dito a você
O que você significava para mim, oh
Porque agora eu pago o preço
Em outra vida
Eu seria sua garota
Nós manteríamos todas as nossas promessas
Seríamos nós contra o mundo
Em outra vida
Eu faria você ficar
Então eu não teria que dizer
Que você foi aquele que foi embora
Aquele que foi embora


Katy Perry - The One That Got away

quarta-feira, janeiro 25, 2012

 Superaremos tudo pelo nosso amor <3


ainda lembro de quando essa frase me trazia esperança.


como as pessoas deixam de acreditar em certas coisas importantes em tão pouco tempo?

terça-feira, janeiro 24, 2012

people change'

'Eu comecei a imaginar meu dia sem ele... sem esperar uma ligação dele, ouvir uma música que me lembre ele com carinho, ver ele e o abraçar (com aqueles abraços que preenchem todos os vazios).'


eu escrevi isso a um tempo e me lembrei de como já fui cruel com pessoas que queriam estar ao meu lado.
Tenho saudades daquele tempo...

O tempo em que quase todas as tardes


Nós nos encontrávamos para sentar e conversar


Ou ir tomar sorvete.

Parte de mim gostaria que você estivesse aqui agora mas, nós dois sabemos que é impossível

Querido John
Mais uma justificativa que esqueci de dar por aqui.
Não tem nada de muito importante acontecendo na minha vida.
Com poucas exceções que não acho importante contar no momento.

Portanto meu Blog* será usado para 'Frases/Músicas' e 'Moral' que obviamente descrevem minhas atuais emoções.
Se tiver algo interessante o suficiente para compartilhar aqui tenham a certeza de que o farei.
Pros meus amigos blogueiros, isso não é uma desistência e sim uma pré-adaptação que vou fazer em forma de Teste.

domingo, janeiro 22, 2012

No one.

Se eu não fui ninguém pra merecer o seu amor, porque eu sou alguém pra você saber onde estou?

(vi isso na TV quando tava mudando de canal e achei meigo)

Moral de hoje:

As vezes o melhor a fazer é escutar as pessoas que te amam e deixar o coração falando sozinho.
 (nem sempre ele quer o que é possível)

About a girl

I need an easy friend
I do... with an ear to lend
I do... think you fit this shoe
I do... but you have a clue

LoveSong (The Cure) (Adele)


However far away I will always love you
However long I stay I will always love you
Whatever words I say I will always love you
I will always love you ...

sexta-feira, janeiro 13, 2012

quarta-feira, janeiro 11, 2012

Moral de Hoje

Quando realmente gostamos de algo ou alguém, é indiferente o que vão nos dizer sobre isso.
O importante é ser fiel a nós mesmos, gostando do que quisermos independentemente da opinião alheia.
Até porque gosto não se discute e cada um tem o seu.


Eu te dei o espaço para que você pudesse respirar,


Eu mantive minha distância, assim você iria ser livre,
Eu espero que você encontre a peça perdida
Para trazê-lo de volta para mim.


Adele.

'Eu sei que não é fácil desistir do seu coração,  Ninguém é perfeito  (Eu sei que não é fácil abrir mão de seu coração),  Acredite, eu aprendi 
Ninguém é perfeito.'    Adele
You tried so hard
But it's time to face the truth,I will never be with you

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...